Opinião

Uma Duquesa em Fuga, Jennifer Haymore, Planeta

Desde já devo dizer que se a escritora não continuar a história eu vou ficar mesmo chateada! Tal como o título sugere há uma duquesa em fuga. Só que a história desenvolve-se em torno do filho mais velho, duque de Trent, e no final ficamos sem saber o que é feito da mãe dele.

É uma história de amor, um amor que começou numa tenra idade, mas incompatível segundo a alta sociedade londrina. Sarah Osborne foi criada pelo pai que, após a morte da sua mãe, aceitou um emprego como jardineiro em Ironwood Park, a casa da família do duque de Trent. Com medo de perder o emprego, o pai tentou afastar Sarah da família aristocrata para não criar problemas. Contudo, o destino levou Simon a salvar a pequena Sarah de um ataque de arbustos. Esta ficou arranhada e a sangrar e, sem pensar, Simon levou-a para ser tratada pela sua empregada.

A duquesa, ao conhecer Sarah e a sua situação, ficou encantada, decidindo no momento acolhê-la no seio da sua família.

Alguns anos mais tarde, Simon assume os seus deveres de duque na câmara de lordes, e leva uma vida exemplar para tentar apagar os escândalos criados pelos seus pais.  

É então que a Duquesa de Trent desaparece! A necessidade de evitar mais um escândalo leva Simon a convocar todos os irmãos a Ironwood o mais rapidamente possível.

Simon e Sarah sempre mantiveram uma relação de amizade próxima, mas nas últimas vezes que estiveram juntos Simon não conseguiu resistir à atração que sentia e beijou Sarah. Após esse beijo ele fugiu para Londres, arrependido de ter cedido aos desejos físicos. Rever Sarah não foi fácil, ele voltou a sentir aquela atração que ele tanto evitava.

Com o intuito de evitar que a notícia da fuga da duquesa se espalhasse rapidamente, Simon e os irmãos decidem dividir-se pelo país à procura da mãe. Simon regressa a Londres levando consigo a sua irmã, e Sarah como dama de companhia.

A vida na cidade vai deixar Sarah fascinada, mas também a vai deixar desanimada ao saber que Simon anda à procura de uma noiva entre os pares do reino. A consciência deste facto vai levá-la a entregar-se de corpo e alma a Simon, sabendo que este nunca a poderá escolher como esposa. Simon será forçado a pedir em casamento a filha de Stanley.

As peripécias são uma constante neste livro, se o lerem não se arrependerão!

Ate breve!

Deixe o seu comentário

.