Opinião

És capaz de guardar um segredo?, Sophie Kinsella

Li este livro numa noite. Não foi uma decisão pensada – até porque eu fui trabalhar na manhã seguinte – mas pura e simplesmente não conseguia dormir sem saber o desfecho. Claro que, sendo um romance, já esperava que o amor fosse triunfar. Mas… iria? E como?

Estava a passar por uma fase muito difícil na vida quando li este livro. Talvez por isso o meu sentimento de identificação com Emma – a personagem principal – tenha sido tão intensa. Se já leram – e gostaram – de algum livro da autora, especialmente dos livros da série “Louca por Compras”, vão adorar este livro! Quando ela o escreveu já tinham sido publicados os três primeiros livros da série “Louca por Compras”, e Emma é mesmo uma personagem “à Kinsella”. Tal como Becky (a “Louca por Compras”), Emma também é uma rapariga como qualquer outra, que luta pela sua carreira, tem os seus problemas familiares… e é insegura e pensa demasiado em tudo. E tem segredos. Como toda a gente, não é verdade? Até que um dia, numa viagem de avião, a iminência da morte fá-la revelá-los todos – mesmo todos – a um perfeito estranho com sotaque americano. Afinal, ia morrer! Só que… aterra em segurança. Mas, e depois? Era só um americano qualquer de visita ao Reino Unido, ela nunca mais o voltaria a ver. Até que ele aparece no escritório onde Emma trabalha, e ela percebe que ele é nada mais nada menos que o dono da empresa!

Mortificada, Emma acredita que será despedida. Mas Jack Harper é muito mais do que aparenta, e não só não a despede, como se aproxima dela, uma simples assistente de marketing, para o ajudar a melhorar a empresa. À medida que a história se desenrola, Jack vai confrontando Emma com os seus segredos mais profundos e coisas que ela não admite nem a ela mesma, o que a deixa realmente confusa e pensativa. E, pior, pensando em Jack. Mas ela tem um namorado. E Jack é um multimilionário que sabe os seus segredos, que voltará aos EUA em breve. Só que Jack também tem os seus segredos, e esconde-los de Emma vai atrapalhar a relação dos dois, com uma sucessão de encontros falhados, e uma entrevista na televisão nacional que é a maior humilhação da vida de Emma.

Mas, às vezes, revelar os nossos segredos pode ser o estágio de dor que antecede a vida fabulosa com que todos sonhamos. Depois de ler este livro fiquei mais animada, e com uma esperança renovada de que coisas boas acontecem quando e onde menos esperamos.

1 Comentário

  • Inês Lobo
    2018-03-23 Responder

    Quero muitol ler adorei os outros livros dela que li.

Deixe o seu comentário

.