Opinião

Casamento de Conveniência, Kavita Daswani

Este livro andava na minha whishlist há algum tempo, até que, em dezembro passado, um casal amigo mo ofereceu de presente de aniversário (faço anos a 17 de dezembro, marquem na agenda para não se esquecerem de me parabenizar :P).

Este título faz parte da colecção que a Editorial Presença edita, Champanhe e Morangos. Já li alguns romances da coleção, e foi assim que descobri este. Depois de ler a sinopse fiquei com vontade de o ler, porque gosto bastante de histórias que abordam outros culturas e visões menos ocidentais do mundo. Pese embora o grosso a ação decorra nos Estados Unidos, a trama é protagonizada por uma mulher indiana que emigra para a América depois de casar. Um casamento combinado entre as famílias, como é tradição na Índia. Priya, a protagonista, vê-se então obrigada a ir viver para outro país, bem longe dos seus pais e das suas quatro irmãs, todas elas solteiras e, por isso, não são as confidentes mais indicadas.

Descobrir a América torna-se aterrador para a protagonista, que não raras vezes se vê confrontada com a dicotomia oriente/ocidente, o que a faz questionar alguns costumes de uma e outra cultura. Forçada a arranjar trabalho para contribuir para o sustento da sua nova casa, e ainda a cumprir todas as tarefas domésticas por uns sogros nada fáceis, Priya vai descobrir que, mais que a sua etnia, a sua personalidade envolvente pode ser a chave para o sucesso nos EUA, a terra das oportunidades. Só que isso implica algumas cedências culturais que ela tem que esconder da sua nova família, o que acaba por desmoronar como um castelo de cartas, e a vergonha de ser uma mulher indiana divorciada é uma perspectiva aterradora cada vez mais provável.

Esta é uma história sobre o amor, as diferenças culturais, mas, acima de tudo, sobre a tolerância. Envolta num romance ligeiro e ritmado, a escritora consegue incluir imensas mensagens subliminares sobre a aceitação das crenças e dos costumes dos outros, que são igualmente válidos, e nem sempre se processam da forma atroz que por vezes a nossa perspectiva ocidental/americana/europeísta nos faz crer.

Diverti-me imenso a ler, obrigada Isabel e Ricardo!

3 Comentários

  • Inês Lobo
    2018-04-03 Responder

    Mais um livro que vou ter que ler claro

    Maria Paula
    2018-04-08

    Em junho já to empresto!

  • Isabel Velho Ferreira
    2018-04-04 Responder

    Ainda bem que acertamos! É por isso que gosto de ter acesso à tua wishlist! Assim não há erro possível :)

    Maria Paula
    2018-04-08

    Mas essa lista tinha muitos títulos eheh e o timing também foi bom :) Muito obrigada uma vez mais <3

  • Inês Lobo
    2018-07-10 Responder

    Adorei o livro,li -o num dia de piscina maravilhoso é uma leitura que prende a gente ..lês um capitulo e queres logo ler o seguinte. Uma história de coragem pois considero que Priya foi uma mulher de coragem sobretudo por ter sido submissa ao sogros .....

Deixe o seu comentário

.